Últimas Notícias

Comunicação digital e novas mídias são tema de workshop promovido pela MRN em Santarém


Jornalistas, influenciadores digitais, representantes sindicais e profissionais da imprensa da região oeste do Pará, participam em Santarém, nesta sexta-feira (5), do workshop “Tá na Mão”, evento promovido pela Mineração Rio do Norte (MRN). O evento faz parte das ações comemorativas de 40 anos da MRN.

Os palestrantes são a jornalista Francy Rodrigues, Joelson Maia e Edson Barreto, editores de imagens que larga experiência em televisão. A programação ocorrerá durante toda esta sexta-feira em um hotel no centro da cidade.

O workshop oportuniza aos profissionais informações importantes para quem está atuando nas redes sociais.

Como acompanhar a evolução da comunicação com os recursos que se tem à disposição? Esse desafio é cada dia mais presente na rotina dos trabalhadores da área, que, com a internet e as redes sociais, precisam cada vez mais prezar pela informação de qualidade e repassá-la de forma clara e bem apurada na velocidade que os espectadores consomem.

“Ouvimos os principais desafios dos profissionais da região. Daí surgiu a ideia de fazer um workshop com soluções para conteúdos digitais, trazer essa capacitação com conteúdo teórico e prático para trabalhar com o que se tem à mão neste mundo hiper conectado, com avanços tecnológicos constantes”, conta Rachel Pessôa, gerente de Comunicação da MRN. A empresa é uma das mais antigas do setor mineral do Pará. Atualmente, é a maior produtora de bauxita do Brasil e a terceira maior do mundo.

“O workshop surgiu a partir da necessidade que sentimos de ajudar as pessoas a gerenciar melhor suas redes sociais usando as estratégias e ferramentas certas para conseguir o tão sonhado engajamento”, explica Francy.

Durante o curso, haverá indicações de aplicativos, dicas de enquadramentos, luz, truques, dicas, postura, textos e muito mais para se ter um alcance orgânico real dos conteúdos produzidos por celular. De acordo com a pesquisa TIC Domicílios 2017, produzida pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (CETIC.Br), a conexão à internet somente por celular se tornou a forma mais comum de navegar na web no Brasil. Em 2017, 49% dos lares brasileiros dependiam de um celular para acessar a rede mundial de computadores.

As informações são da MRN.

#tánaMãoMRN


Postar um comentário

0 Comentários