Últimas Notícias

Polícia localiza, no Amazonas, autor de crimes contra autoridades policiais do Pará


O paraense Josenildo Azevedo da Costa, vulgo ''Neco", foragido do Centro de Recuperação Regional de Abaetetuba (CRRA), desde dezembro de 2017, foi localizado e preso nesta sexta-feira (19), no bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus, durante uma operação policial conjunta deflagrada pelas polícias dos Estados do Pará e Amazonas. A operação policial iniciou na noite da última quinta-feira (18), e se estendeu pela madrugada, até por volta de 6 horas, quando foi realizada a abordagem na casa do foragido.

Atualmente, "Neco" e sua família eram alvos de investigações em diversas operações da Polícia Civil do Pará, onde respondia processos criminais por envolvimento no tráfico de drogas, associação criminosa e homicídios. Após fugir do presídio de Abaetetuba, "Neco" deixou o Estado do Pará e passou a viver em Manaus, de onde planejava atentados conta autoridades policiais e judiciárias do Pará, e contra agentes de segurança pública do Estado.

Ao ser abordado pelos policiais civis, o criminoso reagiu, efetuando disparos contra os agentes de segurança pública. Na troca de tiros, o criminoso foi baleado, chegando a ser socorrido, e levado a um hospital com vida, porém não resistiu. Josenildo vivia em um imóvel, que por fora, era uma casa comum, mas por dentro, era de alto padrão e possuía, inclusive, compartimentos secretos.

Contra o foragido haviam três mandados de prisão preventiva e um mandado de recaptura, expedidos pela Comarca de Abaetetuba, Nordeste do Pará. "Neco" estava na condição de fugitivo do Sistema Penitenciário do Pará. Ele foi um dos detentos que escaparam do presídio CRRA (Centro de Recuperação Regional de Abaetetuba) durante fuga em massa ocorrida em dezembro de 2017. Na ocasião, 155 presos fugiram.

Em nome da Polícia Civil do Estado do Pará, o delegado-geral Alberto Teixeira agradeceu e parabenizou às equipes de policiais civis do Estado do Amazonas, na pessoa do chefe de Polícia, Delegado Lázaro Ramos, pelo profissionalismo e competência na condução da operação policial.

Com informações da Agência Pará

Postar um comentário

0 Comentários