Últimas Notícias

Maratona pela qualidade de vida: conheça histórias reais de quem encontrou saúde no esporte


Às vésperas da Maratona do Rio e da Selva na Amazônia, atletas aumentam os treinos, intensificam o preparo físico e relembram a contribuição da corrida para uma vida saudável;

É de desafio que eles gostam e é desafio que tem pela frente. Maratonistas de todo o Brasil estão se preparando para mais uma jornada de corrida com obstáculos em meio a floresta amazônica. Neste fim de semana, eles percorrerão 42 quilômetros no rio e na selva entre Alter do Chão em Santarém e Pindobal em Belterra.

Neste trajeto encontrarão cenários de alagados, savanas, praias e muita natureza selvagem. A segunda edição do evento propõe aos atletas esporte radical, turismo com acesso às belezas naturais da região e principalmente, saúde.

Foi na corrida que o representante comercial João Bosco Santiago de 43 anos perdeu 30 quilos desde 2016. O corredor comemora a mudança e se diz um apaixonado pelo atividade: “Eu era sedentário, não praticava nenhum esporte. Hoje é uma paixão que eu posso mover qualquer coisa para estar dentro de uma corrida. Eu já fiz várias e essa vai ser mais um desafio" – reforça o atleta que está inscrito para a segunda Maratona do Rio e da Selva.

A corrida também mudou a vida da professora universitária de 36 anos, Maria Raquel Gomes. Em busca de qualidade de vida, melhorou a autoestima, saúde e perdeu quarenta quilos em três anos. A corrida virou hobby aliada à alimentação saudável e somou muito a rotina da profissional da educação. “Eu era muito doente hoje sou saudável. Não é fácil, porém é possível. Foi a melhor decisão da minha vida” – destaca.

O Sargento do Exército de 35 anos, José Daniarly Rodrigues Januário disse que desde criança sempre se interessou pelo esporte, entretanto o ingresso no Exército fortaleceu a relação com as atividades físicas. Hoje um fiel participante de competições, diz ser um viciado em esportes e apreciar novos desafios. “Praticar esportes me faz uma pessoa mais feliz, mais bem humorada e muito mais saudável, pois atingi uma ótima qualidade de vida e a atividade física tem grande parcela de contribuição” – explica.

O percurso será de 42 Km em trilhas com subidas, descidas, travessia de rios, igarapés e praias, com todo o trajeto sinalizado com fitas nas cores vermelha e azul. A prova terá 03 pontos de controle que são locais de parada para que os atletas abasteçam suas garrafas de água, controle de numeração e checagem médica.

Os quatro primeiros colocados em cada categoria serão premiados cos troféus símbolos da selva amazônica: Onça Pintada, Anaconda, Boto da Amazônia e Muiraquitã, medalhas de participação e certificado de participação.

“É um evento único na região. Os atletas vão fazer um percurso de superação, uma aventura grande na selva com múltiplos terrenos, praia, savanas, andar dentro de igarapés, subir montanhas. O atleta vai interagir com a natureza, com a Selva Amazônica” – destacou o Coordenador da maratona, Djalma de Amorim.

A Maratona antecede a modalidade ULTRA 260 km realizada em outubro de 2020, no calendário esportivo da cidade de Belterra. A intenção do encontro esportivo é possibilitar aos participantes conhecer as belezas da região, ultrapassar os próprios limites e mostrar talento.

As inscrições podem ser feitas até o dia 19/10/2019 nos pontos de inscrição por atletas nacionais e internacionais maiores de 18 anos que estejam em condições físicas e psicológicas para concluir o circuito da prova.

Mais informações
Coordenação do evento - Djalma de Amorim (93) 9 9199-8546
Pontos de inscrição:
Santarém - Dakra Sport Center
Alter do Chão - Comercial Zé Maria
Pindobal - Cozinha na Brasa


Postar um comentário

0 Comentários