Últimas Notícias

“Projeto Pecuária Sustentável” realiza reunião de implantação em Juruti


Na tarde desta segunda (04), a Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam), se reuniu na secretaria municipal de produção Abastecimento em Juruti, Oeste do Pará, para debater sobre a implementação do projeto piloto de pecuária sustentável e sobre as perspectivas e desafios para desenvolver a pecuária no município.

Participaram da reunião o prefeito de Juruti, Manoel Henrique, pecuaristas do município, o secretário municipal de produção, Eraldo Albuquerque, o coordenador da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Sergio Oliveira, Instituto Juruti Sustentável, Suelen Amoedo, o Superintendente Regional do Incra no Oeste do Pará, Gustavo Hamoy, além de representantes da Adepará Juruti, do Sindicato dos Produtores Rurais de Juruti e Sindicato dos Trabalhadores, Trabalhadoras Rurais de Juruti e da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa).

Um dos objetivos do Projeto Pecuária Sustentável é trabalhar técnicas de intensificação de pastagem visando o melhor aproveitamento das áreas para a produção do gado de corte e leiteiro, esta é uma iniciativa da Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) com apoio financeiro da Associação para a Preservação da Floresta Tropical da Suécia (Regnskogsf Föreningen) que visa apoiar ações para a redução do desmatamento, recuperação de áreas degradadas, conservação dos mananciais, bem estar do homem e animal, além do aumento da produtividade em áreas menores.

Na reunião os técnicos da ECAM apresentaram o projeto que disponibilizará sete vagas destinadas a pecuaristas de gado de corte e leiteiro de Juruti, criadores de pequeno, médio e grande porte. Os pecuaristas selecionados irão receber visitas técnicas, capacitações e intercâmbios entre pecuaristas do município, por meio do Dia de Campo. Em Juruti a primeira visita técnica está prevista para ser realizada nos dias 18 e 19 de novembro nas propriedades previamente selecionados.

Para Suelen Amoedo, Secretaria Geral em exercício do instituto Juruti Sustentável, apoiar um projeto que busca trabalhar com ações que visam o desenvolvimento sustentável é de extrema relevância. “Vejo esse projeto como grande importância, pois ele traz a alternativa de uma pecuária estratégica, que agrega valores econômicos, sociais e ambientais, são estratégias para cuidar do animal, gerar lucro e não agredir a natureza.” destacou Suelen.

“A vinda da Ecam é uma experiência nova que vai somar. Desde o ano passado iniciou-se a busca pela melhoria do nosso rebanho que infelizmente não compete com o de outros centros, e essa competitividade começa a prejudicar os nossos produtores e acredito que eles entenderam que investir na qualidade do rebanho é necessário para que no futuro a gente possa fortalecer o comércio local”, ressaltou o prefeito após citar que o fortalecimento da pecuária poderá abrir novos comércios.

O secretário municipal de produção, Eraldo Albuquerque, enfatiza que “é necessário que se faça um trabalho para melhorar a forma de se fazer pecuária e pra isso é necessário que a gente possa trabalhar tecnologias que venham de encontro com essas melhorias”.

Entre as propostas da pecuária sustentável está o uso de tecnologia para melhoramento da pastagem e do rebanho, propostas que dialogam com o trabalho desenvolvido pela Ufopa e que poderão contribuir diretamente com o projeto. Além de Juruti, o Projeto da Pecuária Sustentável foi implementado nas cidades de Oriximiná, Monte Alegre e Prainha.

Fonte: IJUS I Colaboração o e fotografias Comunicação ECAM

Postar um comentário

0 Comentários