Últimas Notícias

Editorial: Jornalistas no front da batalha contra o Coronavírus


Nos últimos dias, nunca se falou tanto em prevenção como agora. A pandemia do Coronavírus, que assola o mundo inteiro, assusta. E são estarrecedores, os números de mortos e infectados, a cada atualização feita pela imprensa, com base nos dados dos órgãos oficiais. Em todo o mundo, a Covid-19 já matou mais de 11 mil pessoas. Aqui no Brasil, são 12 o total de mortes e quase mil, o número de infectados. No Pará, esta semana, foram registrados dois casos. O suficiente para que o governador decretasse estado de emergência e adotasse medidas drásticas como forma de prevenção para evitar o contágio dos paraenses. Aqui em Santarém, até o momento não existe caso confirmado. Mas pelo menos 11 são suspeitos e 10 casos estão em análise e um já foi descartado. As medidas de enfrentamento ao Coronavírus tomadas pela Prefeitura são para evitar a disseminação da doença. Eventos foram cancelados, aulas suspensas e as fronteiras do município estão fechadas.

A ordem é para que as pessoas fiquem em casa e redobrem os cuidados com a higiene. Lavar bem as mãos com água e sabão, usar álcool e gel e evitar aglomerações são dicas importantes neste momento em que o mundo vive dias difíceis. A vigilância deve ser absoluta e todos os cidadãos devem fazer a sua parte, orientando sobre os cuidados em casa, alertando o vizinho do lado, pedindo a compreensão de cada um para não ir às ruas sem que seja realmente necessário.

Além disso, a população deve evitar compartilhar notícias falsas nas redes sociais. Tão perigoso quanto esse vírus que mata, é a disseminação de informação mentirosa, que leva pânico às pessoas e pode destruir mais que a doença que o mundo está temendo agora.

Confie apenas nas informações de veículos de comunicação sérios, que estão com profissionais qualificados para lhe manter informado sobre a Covid-19.

Vale ressaltar o importante papel da imprensa neste momento. Além de manter a sociedade atualizada sobre a doença, os jornais impressos, as rádios, as emissoras de TV e os sites de maior credibilidade se empenham em repassar orientações à população sobre a prevenção correta. Especialistas de várias áreas médicas ajudam a imprensa nesta guerra contra o Coronavírus.

Assim como os profissionais da saúde, que arriscam suas vidas em prol da sociedade, os jornalistas também estão no front de batalha para exercer sua profissão com dignidade, respeito, ética e acima de tudo com a verdade, porque esse é o papel da imprensa: informar.

Muitos desses profissionais da comunicação são pais, maridos, esposas, filhos, irmãos, namorados, noivos, amigos. São pessoas comuns, como você, e que não estão imunes a nenhum tipo de doença, muito menos ao Coronavírus. Mesmo com todos os riscos, eles se colocam frente ao perigo para lhe manter informado pelo tempo que essa pandemia durar, portanto, confie na informação da imprensa séria, de jornalistas sérios e comprometidos com a verdade! 




PS:
Atualização dos casos no Pará

A Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) informa que no momento há 02 casos confirmados de Covid-19, 32 casos descartados e 81 casos em análise. A atualização ocorreu às 14 horas de 20.03.2020.
A Sespa comunica ainda que, dos casos descartados, 15 foram de Influenza A H1N1, 01 por Coronavírus HKU1, 01 por Adenovírus, 01 por Influenza B e 14 negativos para o painel viral.
Dos casos em análise, 09 amostras estão em análise no Instituto Evandro Chagas (IEC) e 72 no Laboratório Central do Estado do Pará (Lacen-PA).

Postar um comentário

0 Comentários