Últimas Notícias

RORAIMA: Deputado Jalser Renier é preso pelo sequestro de jornalista em Boa Vista



O deputado estadual de Roraima, Jalser Renier (Solidaridade), foi preso nesta sexta-feira (1º), pela Polícia Civil em cumprimento a um mandado judicial expedido pela juíza convocada Graciete Sotto Mayor Ribeiro, pelo suposto sequestro do jornalista Romano dos Anjos, crime ocorrido em outubro de 2020.

Jalser Renier, conhecido também como ‘Menino de Ouro’, é um dos investigados da operação Operação Pulitzer, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que investiga também policiais militares do Estado.

Colecionador de escândalos em Roraima, o deputado estadual já foi preso várias outras vezes.

O deputado foi preso no bairro Canarinho, em Boa Vista. No momento em que recebe o mandado de prisão, a mãe dele o acompanhava.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o momento em que promotor de Justiça Isaías Montanari Junior e o delegado da Polícia Civil, João Evangelista entregam o documento ao deputado. O próprio deputado lê o documento e em seguida é algemado e conduzo à delegacia.

.

No caminho até a viatura da polícia, Jalser Renier xinga o delegado João Evangelista, chamando-o de inconsequente.

Em setembro, sete policiais militares entre eles, um coronel aposentado e um major, foram presos na primeira fase. A maioria dos militares investigados trabalhavam para o deputado Jalser que, na época do sequestro, era presidente da Assembleia Legislativa de Roraima.

Romano dos Anjos foi sequestrado de casa na noite do dia 26 de outubro do ano passado e localizado vivo, com braço quebrado e lesões nas pernas, na manhã do dia seguinte.

Jalser foi eleito pela primeira vez em 1994, quando tinha 22 anos. Até janeiro do ano passado, era presidente da Assembleia Legislativa do estado, mas foi afastado do cargo por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que determinou novas eleições na Casa.


Postar um comentário

0 Comentários