Últimas Notícias

Fiepa lança XV Feira da Indústria do Pará



Após reunir um público de quase 30 mil visitantes em 2019, o Sistema Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA) lançou nesta quarta-feira, 03, mais uma edição da Feira da Indústria do Pará (FIPA) que ocorrerá em maio de 2022, em Belém. O lançamento foi realizado no auditório Albano Franco, com transmissão pelo Youtube e Facebook da entidade. Com o tema “Aqui tem Indústria”, a XV edição da FIPA terá sua programação voltada para a divulgação de produtos feitos por empresas genuinamente paraenses.

Na abertura do evento, o presidente do Sistema FIEPA, José Conrado Santos, destacou que o objetivo da FIPA é fomentar e apoiar o desenvolvimento da indústria local. “A FIEPA já atua com um programa de valorização da indústria local que é o ‘Feito no Pará, pode comprar’ que reforça a importância da indústria para a nossa economia e o posicionamento da nossa instituição de valorização do que é produzido no nosso Estado. Então, a FIPA é mais uma das iniciativas do Sistema Indústria para dar visibilidade às empresas do segmento, não só divulgando o que é produzido no Pará e o desenvolvimento econômico gerado ao longo dessa cadeia produtiva, como também mostrando os exemplos de responsabilidade socioambiental da indústria paraense”.

Após apresentar os detalhes da nova edição da FIPA, o diretor executivo da FIEPA e responsável pela coordenação geral do evento, Ivanildo Pontes, reforçou a importância do evento para o setor industrial do Estado. “A FIPA já se consolidou no calendário de feiras da região Norte e é uma grande satisfação poder retomar este evento tão importante para as indústrias paraenses, depois do adiamento que tivemos que fazer por conta da pandemia. Por isso, nossa expectativa é que esta edição de 2022 seja a melhor possível em termos de apresentação de estandes, programação, tecnologias dos produtos e inovação”, explicou Pontes.

Para o titular da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), José Fernando Gomes Júnior, a FIPA traz representatividade ao Estado. "Para o governo do Estado é motivo de alegria estar hoje aqui no lançamento da XV Feira da Indústria, que corresponde a 30 anos de trabalho e isso demonstra a importância da indústria e das cadeias produtivas para o Pará, o Brasil e o mundo, gerando emprego e renda para a nossa sociedade".

No evento de lançamento houve uma palestra show com a especialista em Gestão de Negócios, Luciana Sousa, que passou para os patrocinadores e expositores do evento, orientações sobre como promover uma experiência diferenciada e criar nos estandes um ambiente mais favorável aos negócios. Na ocasião também foi apresentado o site da FIPA (https://www.fiepa.org.br/fipa/) com informações sobre os resultados dos eventos anteriores, mapa de estandes e formas de contato para quem tiver interesse em participar da feira de exposições ou de patrocinar o evento.

A FIPA é promovida pelo Sistema Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), com correalização do Sebrae no Pará, parcerias do Governo do Estado e da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e patrocínios do Serviço Social da Indústria (SESI), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL).

Realizada há 30 anos, reúne os mais diversos setores da indústria paraense, proporcionando o contato do público com as riquezas produzidas no estado. É composta por uma feira para exposições de produtos e serviços de empresas com atuação no Pará, além de uma ampla programação técnica voltada para a capacitação e debate sobre temas relacionados ao desenvolvimento da indústria.

Nos quatro dias de programação, o evento agrega rodadas de negócios, relacionamento e fortalecimento do setor produtivo. Na edição anterior, realizada em 2019, o evento reuniu aproximadamente 30 mil visitantes, 70 estandes e cerca de 100 expositores e teve 90% de aprovação entre expositores e visitantes, comprovando assim o sucesso do evento. As palestras técnicas receberam aproximadamente 1.000 pessoas, que participaram gratuitamente das capacitações.

Fonte: Divulgação Fiepa

Postar um comentário

0 Comentários