Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Acidentes de trânsito em Santarém

Cresce número de vítimas de acidente de trânsito atendidos no PSM

De acordo com dados divulgados nesta terça-feira (7) pelo Serviço de Arquivo Médico e Estatístico (Same), do Pronto Socorro Municipal de Santarém (PMS), aumentou o número de vítimas de acidentes de trânsito atendidos pelo PSM no município em 2013. No ano passado, foram registradas 5.237 ocorrências. Em 2012, o número chegou a 4.961. Essa totalidade é dividida em seis categorias de acidentes: motocicleta (3.239 em 2013 e 3.487 em 2012), carro (428 em 2013 e 299 em 2012), bicicleta (178 em 2013 e 93 em 2012), atropelamento (447 em 2013 e 311 em 2012), carro e moto (549 em 2013 e 258 em 2012) e o tipo não especificado (396 em 2013 e 513 em 2012). Os levantamentos são feitos mensalmente. Referindo-se aos três tipos com maior número de registros: moto, carro e carro e moto, os meses de maio e novembro do ano passado foram os que mais apresentaram atendimentos. Em maio, 302 ocorrências envolvendo motocicletas e em novembro, os dados mostram 48 registros de acidentados com carro e 75 na ca

Maio registra redução no número de acidentes de trânsito

O índice de acidentes de trânsito no município de Santarém, no oeste do Pará, reduziu em 62% no mês de maio, comparado ao mesmo período do ano passado. Os números fornecidos pelo Pelotão de Trânsito da Polícia Militar (Ptran) apontam que, no período de 1º a 31 do mês anterior, foram contabilizados 40 acidentes envolvendo motos e carros. O mês de maio não registrou nenhuma morte no trânsito. As principais causas dos acidentes ainda são a falta de atenção e o desrespeito às leis. As motos continuam no topo da lista como veículos causadores das tragédias no trânsito do município.  O balanço feito pelo Ptran indica ainda que de janeiro a maio deste ano houve redução de 60% nos acidentes automobilísticos em comparação a 2012, neste mesmo período. Nas estatísticas dos cinco primeiros meses de 2013 foram registrados 133 acidentes contra 339 do ano passado. As mortes também reduziram neste período. Nos cinco primeiros meses de 2012, de acordo com os números do órgão, 17 pessoas perderam sua

Ônibus avança faixa de pedestres e atropela alunas do colégio São Francisco

Duas estudantes foram atropeladas na manhã desta segunda-feira (20), quando atravessavam a faixa de pedestre localizada em frente ao colégio São Francisco, na avenida Mendonça Furtado, bairro de Santa Clara, em Santarém (PA). O ônibus pertence à empresa Trans Alter do Chão. Testemunhas disseram que o coletivo estava em alta velocidade e que motorista ainda tentou frear, porém, o atropelamento foi inevitável.  As estudantes foram socorridas pelo Samu e conduzidas ao Pronto Socorro Municipal, onde receberam atendimento médico.  O condutor do veículo,  Michel Batista Amaral,  prestou socorro às vítimas. Alunos informam que é comum os motoristas desrespeitarem a faixa de pedestre e que os motoristas de ônibus sempre aceleram quando avistam um estudante atravessando a faixa. Foto: No Tapajós

Moto da Ptran atropelou homem na avenida Moaçara

Um acidente foi registrado na noite desta quinta-feira (9), na avenida Moaçara, em Santarém (PA). A vítima foi um senhor de 50 anos. Ele foi atropelado por uma moto do Pelotão de Trânsito da Polícia Militar (Ptran). Testemunhas disseram que Edilson Sousa, a vítima, tentou atravessar a via na frente da moto, conduzida por um policial de trânsito. O choque foi inevitável.  Algumas pessoas disseram que o pedestre aparentava sinais de embriaguez. O motorista da motocicleta, Sargento Heriberto explicou que dava apoio para uma carreata na avenida, quando foi surpreendido pelo pedestre. “Ele bateu sozinho na moto”, disse o militar. O homem foi socorrido pelo Samu e os socorristas constataram apenas ferimentos leves. A população reclamou da falta de iluminação na via. Para eles, a escuridão pode ter facilitado o acidente. “A escuridão foi prejudicial a essa situação. Ele entrou na frente, o guarda bateu e ele caiu”, relatou o morador, Josiel Lobo. Com informações do No Tapajós