Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Agricultura familiar

Falta de insumo e comercialização são desafios de produtores orgânicos

A produção orgânica no Brasil enfrenta dificuldades específicas em relação ao modelo de agricultura convencional do país, que se utiliza de agrotóxicos. Pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) mostra que os maiores desafios dos produtores orgânicos são a falta de insumos apropriados, comercialização, assistência técnica e a logística. No levantamento, foram ouvidos 1.200 produtores do Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos. Diante do cenário, o Sebrae começou a pensar soluções junto aos produtores que buscam apoio na entidade. “O ponto principal que queríamos conhecer eram as principais dificuldades que os produtores orgânicos tinham em relação a melhorar seu processo de produção, ter mais produtividade. A opção mais indicada, presente em 57% [das respostas], foi a carência de insumos apropriados para a produção orgânica”, disse Luiz Rebelatto, do Sebrae Nacional, durante a 15ª edição da Feira Internacional de Produtos Orgânicos e

Comunidades do Trombetas comemoram boa safra

O projeto de Agricultura Familiar desenvolvido na região do Trombetas, no oeste paraense, com apoio da Mineração Rio do Norte, vem dando bons resultados este ano com o plantio de limão. A região do Lago do Batata, uma das comunidades beneficiadas, comemora a boa safra. Os produtores locais da comunidade estão entre os que receberam as 30 mil mudas distribuídas dentro do projeto para fortalecimento da produção familiar, há quatro anos. Agora, eles comemoram o início da comercialização do fruto na feira de Porto Trombetas. Com a produção a todo vapor, os agricultores estão investem tempo no plantio de cebolinha, já em fase de cultivo, e nos mais de mil pés de pimentão, já de olho na próxima safra. O projeto Agricultura Familiar tem a parceria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Oriximiná (STRO). Através do Sindicato, a MRN realiza repasses que garantem aos agricultores apoio técnico, treinamento, consultoria para elaboração de projetos sustentáveis, além de insumos e ferramentas. O

Comunidades na área da BR-163 receberão missão da ONU

Os principais atores e organizações envolvidos com o Projeto BR-163 receberão, em Santarém (PA), entre os dias 22 a 24 de novembro, representantes da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) em missão de monitoramento. A missão é formada pelos oficiais da FAO, sede em Roma, Eva Müller e Manuel Paveri. Inicialmente, dia 21 de novembro, em Brasília (DF), os oficiais se reúnem com o de Diretor do Departamento de Políticas de Combate ao Desmatamento da Secretaria Executiva do Ministério do Meio Ambiente, Mauro Pires e o Coordenador Nacional do Projeto BR-163, Pedro Bruzzi. A missão seguirá para Santarém, oeste do Pará, nos dias 22 a 24 quando farão visitas aos comunitários e organizações situadas ao longo da rodovia. Os atores sociais são envolvidos com as ações do Projeto BR-163 – Floresta, Desenvolvimento e Participação executado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) que tem o apoio técnico e gestão financeira da ONU/FAO Brasil e recursos doados pela Comiss