Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Anac

Taxa de conexão entre voos será repassada aos passageiros

Nos aeroportos administrados pela Infraero, como por exemplo, o de Congonhas (SP), começa a vigorar nesta quinta-feira (18) a tarifa de conexão para passageiros que necessitam desembarcar e esperar um próximo voo. De acordo com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a taxa poderá ser de até R$ 7 e será cobrada das companhias aéreas em função do número de passageiros em conexão. Porém, segundo as entidades representativas das empresas de turismo, o valor será fatalmente repassado ao passageiro e o preço das passagens pode sofrer um novo aumento. O presidente da Fenactur (Federação Nacional de Turismo) e vice-presidente da CNTur (Confederação Nacional de Turismo), Michel Tuma, informou ao R7 que a taxa vai acabar sendo cobrada do consumidor, pois as empresas aéreas já estão enfrentando muitos problemas financeiros. — Vão repassar esses custos para o passageiro que já paga muito caro. Por isso, o nosso repúdio a essa cobrança. Você vê diariamente as companhias reclamando dos altos c

MPF convida municípios a discutir com Anac situação das pistas de pouso no Pará

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) vai realizar um seminário em Belém nas próximas terça e quarta-feira, 30 e 31 de agosto, para discutir questões relacionadas à aviação e conhecer as demandas para o setor no Estado.   O Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA), que solicitou à Anac a realização do evento, está convidando gestores públicos municipais e estaduais a participarem do encontro, uma vez que a falta ou o estado precário das pistas coloca em risco a população e muitas vezes impede a instalação de agências bancárias no interior do Estado, principalmente no arquipélago do Marajó. Conforme o MPF/PA e a Defensoria Pública da União (DPU) vêm constatando desde 2010 em reuniões e documentações obtidas junto a prefeitos, associações empresariais, sindicatos rurais, representantes de bancos, são graves as dificuldades enfrentadas pelos municípios onde não há prestação de serviços bancários, complicando até mesmo a execução de políticas públicas nesses locais.