Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Bandeiras tarifárias

Aneel mantém bandeira tarifária vermelha patamar 1 em setembro

A notícia não é nada boa para os consumidores brasileiros. A partir do mês de setembro, a bandeira tarifária continua sendo na cor vermelha patamar 1, segundo anunciou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Com isso, as contas de luz continuam com taxa extra de R$ 4,00 a cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh). Essa é a bandeira tarifária em vigor desde o início deste mês. "A previsão hidrológica para o mês sinaliza permanência do quadro de estiagem, com vazões abaixo da média histórica. Esse cenário requer a manutenção de parcela relevante da oferta de energia sendo atendida por meio de acionamento do parque termelétrico, influenciando o valor do preço da energia (PLD) e sua repercussão sobre os custos relacionados ao risco hidrológico (GSF)", diz a Aneel. No sistema de bandeiras tarifárias, em vigor desde 2015, a cor verde não tem cobrança de taxa extra, indicando condições favoráveis de geração de energia no País. Na bandeira amarela, com condições menos favo

Conta de luz tem bandeira amarela a partir desta terça-feira

Começou a valer, a partir desta terça-feira (1º), a bandeira amarela para a tarifa das contas de luz , que significa acréscimo de R$ 1,50 a cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumido. Esta é a primeira vez, desde que começou a ser implementada, em janeiro de 2015, que a bandeira tarifária não é a vermelha. Para abril, a bandeira passará de amarela para verde, ou seja, não haverá custo extra para os consumidores. O aumento de chuvas neste ano, que melhorou o volume dos reservatórios das hidrelétricas, aliado à redução da demanda e inclusão de novas usinas ao sistema elétrico brasileiro, possibilitou a mudança das bandeiras tarifárias nos últimos meses. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) destaca que, mesmo com a melhoria nas condições de geração, o sinal para o consumo ainda é de alerta, e os consumidores devem fazer uso eficiente de energia elétrica e combater os desperdícios. Segundo a Aneel, a bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz, mas uma forma diferent