Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Caminhada Ecológica

Caminhada Ecológica chega a sua 23ª edição em Santarém

O Grupo de Defesa da Amazônia (GDA) realiza nos dias 26 e 27 de outubro, a 23ª Caminhada Ecológica. A atividade tem como objetivo sensibilizar a sociedade Santarena e os moradores das comunidades do entorno da área das praias do rio Tapajós, sobre a importância de conservar os ecossistemas naturais, especialmente os recursos hídricos, visando a melhoria da qualidade de vida da população atual e suas futuras gerações. A Caminhada Ecológica conta com a parceria de algumas comunidades do Eixo Forte como: Pajuçara, Juá, Ponta de Pedras e Alter do Chão, e envolve a participação de crianças, jovens e adultos. A programação consta desde a reflexão ambiental, coleta de lixo encontrado nas praias, recepção feita pelos moradores até a deliciosa piracaia e café da manhã partilhado. As inscrições são feitas no escritório do GDA, localizada na Travessa Agripina de Matos, entre Avenida Tapajós e 24 de outubro, n° 203, bairro Laguinho. O preço é de R$ 40 incluindo o kit caminhada (camisa, cuia reg

Caminhada Ecológica precisa de apoio para realização

Por: Martha Costa* Em sua XIX edição, a Caminhada Ecológica, evento realizado durante o verão amazônico que visa despertar a consciência ambiental e promove a limpeza das praias do litoral santareno, no percurso entre as Praias do Maracanã e Alter do Chão, passa por dificuldades devido à falta de apoio para realização do evento. Faltando pouco mais de um mês para sua realização, a coordenação do Grupo de Defesa da Amazônia (GDA) está trabalhando intensamente para conseguir parceiros e apoiadores da causa ambiental. Este ano, a XIX Caminhada Ecológica está prevista para acontecer nos dias 9 e 10 de novembro e a expectativa da coordenação é atrair mais de 100 participantes, pessoas compromissadas com as questões ambientais, estudantes universitários e a sociedade em geral que durante a caminhada além de contribuir com a preservação ambiental também poderá desfrutar de paraísos poucos explorados. A coordenação espera que até meados de outubro todas as parcerias necessárias para realiza