Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Caso Bruno

'Bola' é condenado a 22 anos pela morte de Eliza Samudio

O ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, foi condenado a 19 anos de prisão em regime fechado pelo homicídio de Eliza e mais 3 anos de prisão em regime aberto pela ocultação do cadáver, além de 360 dias/multa. O julgamento começou na última segunda-feira (22) e encerrou neste sábado (27), no Fórum de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG).  Em sua sentença, a juíza Marixa Fabiane Rodrigues Lopes disse que 'Bola' praticou um crime perfeito. A magistrada referiu-se à ocultação do cadáver de Eliza.  Marixa também reafirmou que E liza Samudio foi executada por asfixia. E disse que foi morta por detalhes sórdidos. A magistrada classifica 'Bola' como"pessoa agressiva e impiedosa", além de ter consciência de seus atos criminosos. O goleiro Bruno Fernandes, o amigo dele, Luiz Henrique Romão - o Macarrão -, e a ex-namorada do atleta Fernanda Castro já foram condenados no caso. O advogado de 'Bola', Ércio Quaresma, adia

Bruno é condenado a 22 anos de prisão

Goleiro Bruno é condenado a 22 anos e O júri popular formado por cinco mulheres e dois homens condenou no início da madrugada desta sexta-feira (23), no Fórum de Contagem , em Minas Gerais, o réu Bruno Fernandes de Souza a a 22 anos e 3 meses pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio e também pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. Dayanne Rodrigues, ex-mulher do jogador, foi absolvida da acusação de sequestro e cárcere privado do bebê. Bruno foi condenado a 17 anos e 6 meses em regime fechado por homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, asfixia e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima), a outros 3 anos e 3 meses em regime aberto por sequestro e cárcere privado e ainda a mais 1 ano e 6 meses por ocultação de cadáver. A pena foi aumentada porque o goleiro foi considerado o mandante do crime, e reduzida pela confissão do jogador. Eliza desapareceu em 2010 e seu corpo nunca foi achado. Ela tinha 25 anos e era mãe do filho recém-nascid

Bruno acusa 'Bola' de ser o assassino de Eliza Samudio

O quarto dia de julgamento do goleiro Bruno Fernandes de Souza terminou por volta das 20h30 desta quarta-feira após o jogador responder as perguntas feitas pelos jurados. Ele se contradisse em alguns momentos e deu respostas que poderão complicar sua defesa. O júri será retomado na manhã de quinta (7).  O goleiro Bruno disse que aceitou o fato de que Eliza Samudio havia sido assassinada a mando do amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, sem tomar qualquer atitude e sem denunciar os envolvidos no crime. "Como mandante, dos fatos, não, eu nego. Mas de certa forma, me sinto culpado", afirmou o atleta. "Eu não sabia, eu não mandei, excelência, mas eu aceitei", disse à juíza Marixa Rodrigues. O interrogatório do jogador começou por volta das 14h e terminou perto de 20h15 no Fórum de  Contagem , em Minas Gerais, onde acontece o seu júri popular e o da ex-mulher, Dayanne Rodrigues. Ele respondeu a todas as perguntas feitas pela juíza e por seu advogado, além d