Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Corpo de Bombeiros

Comandante dos Bombeiros em Santarém contesta nota divulgada no 'Repórter 70'

Em contato por telefone, o comandante do Corpo de Bombeiros em Santarém, tenente-coronel Cláudio Fernando Tavernard Trindade, informou ao blog que as informações divulgadas pelo Repórter 70 , do jornal O Libera l , são inverídicas e caluniosas. Segundo ele, a empresa citada pelo jornal, a Salvernard – Salvamentos, Resgates e Treinamentos Ltda., de fato pertence à sua esposa, Cristina Trindade, que é pedagoga, porém, jamais se utilizou de sua função para determinar que seus subordinados ministrassem cursos em nome da empresa da mulher. Com 20 anos de serviços prestados à sociedade paraense, Tavernard informou ainda que durante toda sua vida militar jamais respondeu a processo administrativo por desvio de conduta ou outro ato que desabonasse sua imagem junto à corporação. Em Santarém, o tenente-coronel completa no próximo dia 4 de agosto, dois anos à frente do 4º Grupamento de Bombeiros Militar (4º GBM). “Não tenho poder para transferir nenhum militar. Isso é prerrogativa do co

Deu no Repórter 70

Maracutaia Comandante do Corpo de Bombeiros em Santarém, o tenente-coronel Cláudio Fernando Tavernard Trindade estaria usando bombeiros especialistas seus subordinados para ministrar palestras e cursos em Porto Trombetas, para a Mineração Rio do Norte, e em Juruti, para a Alcoa, beneficiando a empresa privada Salvernard – Salvamentos, Resgates e Treinamentos Ltda., pertencente à sua mulher, Cristina Trindade. A Salvernard estaria faturando alto utilizando a mão-de-obra dos bombeiros de Santarém em seus cursos. Transferência Como alguns bombeiros têm se recusado a viajar para Porto Trombetas, em Oriximiná e Juriti, negando-se a ministrar cursos para favorecer a empresa privada – deixando a população de Santarém desassistida – o tenente-coronel Tavernard tem ameaçado retaliar os insurgentes, sugerindo transferências para municípios distantes, como Itaituba, Novo Progresso e Jacareacanga. O descontentamento na tropa em Santarém é crescente.