Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Dia dos Finados

Trânsito no entorno dos cemitérios centrais da cidade será alterado

A Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT) divulgou esquema de alteração do trânsito no entorno dos cemitérios São João Batista e Nossa Senhora dos Mártires, no Dia de Finados, neste sábado (02/11).Com a interdição em alguns trechos, as linhas de ônibus serão alteradas nas imediações dos cemitérios. Os ônibus que circulam no corredor da Mendonça Furtado, no sentido Liberdade/Centro, devem subir a Travessa Silvino Pinto, até a altura da Borges Leal, e descer na Travessa Dom Amando, retomando seu curso normal pela Mendonça Furtado. Os ônibus que descem ou sobem a Barão do Rio Branco devem desviar pela Borges Leal, descendo na Travessa Dom Amando, até a altura da Mendonça Furtado, prosseguindo a linha normalmente. Os coletivos que cumprem o itinerário do corredor da Avenida Curuá-Um devem dobrar a esquerda na altura da Borges Leal, até o cruzamento da Travessa Dom Amando, descendo até a Mendonça Furtado, para em seguida fazer o curso normal. A SMT também divulgou o cocri com a

60% das sepulturas dos cemitérios da cidade não têm documentação

Falta espaço para enterrar novos mortos nos cemitérios centrais de Santarém. Segundo o administrador dos cemitérios da cidade, Carpegiane Aguiar, atualmente existem mais de 392 mil mortos enterrados nos campos-santos da cidade. A necessidade de construir um novo cemitério municipal existe, porém, a Prefeitura ainda não conseguiu um local apropriado para construí-lo. Hoje, só são permitidos novos sepultamentos àqueles que detêm sepulturas próprias, já que não existe terra disponível para novos túmulos.  Carpegiane informou que nos próximos meses, será feito o recadastramento informatizado de todos os jazigos dos cemitérios de Nossa Senhora dos Mártires e São João Batista. Esse sistema norteará à administração na identificação dos túmulos abandonados e sem donos. Um levantamento preliminar apontou que 60% das sepulturas não têm documentação. Ainda segundo o administrador, a intenção da Prefeitura é construir um cemitério na região do planalto, contudo, os estudos de impactos ambie