Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Empresário e filha são encontrados mortos

Jovem confessa assassinato de pai e irmã em Santarém

Yarle confessou o crime. Foto : Carlos Matos/blog Quarto Poder Era por volta das 15 horas desta segunda-feira (19), quando  Yarlle Cardoso Gomes, 19 anos, confessou a autoria do duplo homicídio que vitimou o próprio pai e a irmã, crime que chocou a população de Santarém, no oeste do Pará. Ao delegado Nelson Nascimento, diretor da  16ª Seccional Urbana de Polícia Civil, o rapaz detalhou como matou, usando um terçado,  o empresário Valter Carvalho Gomes, 43 anos, e a filha dele, Bruna Oliveira Gomes, 20 anos. Yarle, segundo ele, estava sob efeito de drogas quando invadiu a casa do empresário, localizada na avenida Fernando Guilhon, no bairro Maracanã. A intenção dele era apenas roubar a camionete da vítima para vender e comprar drogas, porém, uma briga entre ele e o pai resultou no crime brutal.  Bruna morreu quando testemunhou o pai sendo assassinado pelo meio-irmão.  O jovem foi preso nesta manhã na comunidade de Pedra, cerca de 7 quilômetros depois de Mojuí dos Camp

Preso rapaz que matou pai e filha em Santarém

Já está preso, o rapaz suspeito de matar a golpes de terçado, o empresário Valter Carvalho Gomes, 43 anos, e a filha dele, Bruna Oliveira Gomes, 20 anos, crime ocorrido na manhã desta segunda-feira (19), na residência das vítimas, localizada na avenida Fernando Guilhon, no bairro Maracanã, em Santarém (PA). Yarlle Cardoso Gomes, 19 anos, foi detido na comunidade de Pedra, cerca de 7 quilômetros depois de Mojuí dos Campos. De acordo com a polícia, o acusado tentava chegar à casa de sua mãe, na comunidade de Alto Seco, naquela região. Levado para a 16ª Seccional de Polícia Civil, o rapaz negou que tenha cometido o duplo homicídio. Para o delegado Jamil Farias Casseb, o suspeito estava drogado quando matou a golpe de terçados pai e filha. Yarlle Cardoso Gomes foi transferido para o Centro de Recuperação Agrícola 'Silvio Hall de Moura', em Cucurunã. Leia também: Pai e filha são encontrados mortos em Santarém. Filho é o principal suspeito Jovem assassinada era acadêmica d

Jovem assassinada era acadêmica de Direito e estagiava no Fórum

A população ainda está chocada com a morte brutal de Valdemar Oliveira e sua filha, Bruna Oliveira Gomes, 20 anos. A polícia investiga o duplo homicídio. O principal suspeito é o jovem Yarlle Cardoso Gomes, de 19 anos, filho do empresário. A polícia investiga o envolvimento de outras pessoas neste brutal assassinato.  As vítimas foram mortas com golpes de terçado.  Duas pessoas foram detidas sob suspeita de participação no crime. Elas prestam depoimento à polícia.  Os investigadores da polícia informaram que Yarlle Gomes teria fugido em um carro pela rodovia Curuá-Una, às proximidades da comunidade de Alto Seco, em Mojuí dos Campos. Equipes das polícias Civil e Militar estão no encalço do rapaz.  Bruna Oliveira Gomes era acadêmica de Direito na Ulbra e estagiava no Fórum de Santarém, na 10ª Vara Penal há um ano. Leia mais: Pai e filha são encontrados mortos em Santarém. Filho é o principal suspeito

Pai e filha são encontrados mortos em Santarém. Filho é o principal suspeito

Mais um crime bárbaro foi registrado em Santarém, no oeste do Pará. Na manhã desta segunda-feira (19), o empresário Valter Carvalho Gomes, 43 anos, e a filha dele, Bruna Oliveira Gomes, 20 anos, foram encontrados mortos em sua residência, localizada na avenida Fernando Guilhon, na grande área do Santarenzinho. De acordo com informações da polícia, Valdemar e Bruna foram assassinados com golpes de terçado. De acordo com as primeiras informações, a mãe tinha saído para levar a filha mais nova na escola e quando retornou a casa encontrou o portão aberto. Ao entrar na casa, achou a filha morta com cortes de terçado nas costas no banheiro e o marido morto no quarto. No local, a polícia encontrou uma sandália suja de sangue que segundo a mãe é do filho de Valter, Iarlei Cardoso Gomes Junior, 19 anos.  O carro da família foi levado e localizado próximo ao município de Mojui dos Campos.  Segundo a polícia, Iarlei é principal suspeito até o momento. Várias viaturas realizam buscas nas comunida