Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Estado do carajás

Tapajós e Carajás: Deputado vai apresentar nova proposta em 2012

Parte da bancada federal do Pará já se mobiliza para apresentar novos projetos de emancipação dos Estados. Autor do projeto de lei que autorizou a realização do plebiscito, o deputado federal Giovanni Queiroz (PDT) disse que deve apresentar uma nova proposta em 2012, pedindo a realização de um novo plebiscito. Para ele, a divisão do Estado não ocorreu porque "meia dúzia de políticos medíocres" de Belém "iludiu" o eleitor da região norte. "Eu quero apresentar um novo projeto próximo ano para que, daqui a dois anos, possamos mostrar a essas pessoas ‘humildes’ do norte do Estado a mesmice que eles optaram, de continuar na miséria, com a falta de assistência médica, de professores mal pagos, vivendo num Estado falido. A lei permite e daqui a dois anos teremos um novo plebiscito", disse. Um dos pontos que os parlamentares lutam para mudar é tirar o direito ao voto dos moradores das áreas remanescentes dos Estados que buscam emancipação. "Já pensou se o

Mais de 300 camisetas do “Sim Carajás” são apreendidas em Belém

A Polícia Federal do Pará e o Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE/PA), apreenderam, ontem (3), na capital paraense, um total de 321 camisetas e dez telas serigráficas em verde e amarelo com o slogan da frente em favor da criação do Estado de Carajás. Os coordenadores do movimento separatista nega qualquer participação no episódio. De acordo com a PF, todo material estava em uma gráfica no bairro do Encontro, em Belém. Foi a partir de uma denúncia anônima encaminhada ao TRE-PA via por e-mail, que os agentes federais conseguiram chegar à gráfica, que na ocasião da ação dos federais se preparava para confeccionar pelo menos quatro mil camisetas que seriam distribuídas na região metropolitana de Belém. A Justiça Eleitoral vai investigar agora se essas camisetas eram destinadas aos eleitores. A campanha do plebiscito, segundo o TSE, proíbe a “confecção, utilização, distribuição de chaveiros, bonés, camisetas, brindes, cestas básicas ou materiais que possam proporcionar vantagem ao