Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Jogos Olímpicos Rio 2016

Opinião: Olimpíada do desalento

Por: Pedro Cardoso da Costa* Sempre fico a dever quando comento sobre o comportamento de pessoas, especialmente dos formadores de opinião, por não conhecer mais a fundo outros povos. Conheço superficialmente os brasileiros. Por aqui, os denominados formadores de opinião distorcem tudo em demasia. Pode ser na política, nos hábitos cotidianos, na cobertura de catástrofes, no esporte. E se superam em elogios quando se referem às estatísticas positivas dos gestores públicos. Neste momento, interessa tentar rebater a distorção sobre o apoio que os brasileiros teriam dado à realização de uma Olimpíada, no momento em que o Brasil foi escolhido como país-sede. Cabe ressaltar que, devido à magnitude do evento, sua realização na América do Sul era, à época, inimaginável. Qualquer pessoa, com o mínimo de bom senso se sentiria orgulhosa de ver seu país como uma vitrine mundial positiva, mesmo que por alguns dias. Tal euforia, inevitavelmente, pode ser equiparada àquela que se exibiu por ocasião d

Opinião: Política de esportes

Por: Pedro Cardoso da Costa* É tão difícil defender políticas de esporte quanto é fácil o inverso e fazer da fome uma justificativa para a ausência de ações efetivas em outras áreas da administração pública da União, dos estados e dos municípios. Até há uns 50 anos, passar fome ou necessidade financeira era uma situação atribuída exclusivamente ao indivíduo; ou a pessoa era considerada preguiçosa ou sem iniciativa; por um motivou outro, era censurada pela sociedade. Também poderia ser ou depressiva ou portadora de outra doença. A responsabilidade era somente individual. Com o passar do tempo houve mudanças e hoje há situações em que a pessoa é responsabilizada, mas prevalece o entendimento de que algumas situações ultrapassam a questão meramente da pessoa e o fato passa a ser de responsabilidade coletiva.  De uma forma ou de outra, nos denominados países pobres, sem infraestrutura adequada, a discussão fica restrita à comida no prato. No Brasil não é diferente. Por isso, torna-

Santarém está preparada para o Revezamento da Tocha Olímpica

Está tudo pronto para a passagem do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 por Santarém nesta sexta-feira (17). O revezamento terá início às 12 horas, em Alter do Chão, e a pira de celebração será acesa às 19h, na Praça Barão de Santarém (conhecida como Praça São Sebastião), com apresentações dos grupos Kuatá e Cobra Grande, e das danças Festa de Carimbó e Bailado de Carimbó, em seguida. No Portal do Çairé, em Alter do Chão, a tocha Olímpica andará de barco e conhecerá os botos Tucuxi e Cor de Rosa. Pelas mãos de um catraieiro, a chama Olímpica fará um passeio de barco pelos rios da região, num trajeto até o encontro dos rios Amazonas e Tapajós. A tocha Olímpica chegará a Santarém de lancha, onde a segunda parte do revezamento terá início, por volta de 15h. No percurso da chama Olímpica, estão previstas manifestações culturais preparadas pelas escolas da cidade. Haverá ainda apresentação da Filarmônica Professor José Agostinho e da Orquestra Jovem Wilson Fonseca. Nesta quinta-feira (

Alunos do Colégio São Raimundo acenderão a Tocha Olímpica em Alter do Chão

Ana Késsia Aguiar, Talita Tapajós Miranda e David Henrique da Silva Pedroso, alunos do 2º ano do ensino médio, do Colégio São Raimundo Nonato, terão o privilégio de acender a Tocha Olímpica que iniciará o revezamento na Vila de Alter do Chão, na próxima sexta-feira, 17. O anúncio foi feito nesta segunda feira (13), por ocasião da visita de dois membros do Ministério dos Esportes, ao colégio que tirou a maior nota do IDEB, em Santarém, no ano de 2015. Por conta do bom resultado no IDEB, o colégio foi convidado a participar com seus alunos de um concurso de redação com o tema O Brasil e Os Jogos Olímpicos. As redações foram escritas pelos alunos e encaminhadas ao MEC que selecionou as melhores. Ana Késsia, Talita e David obtiveram o 1º, 2º e 3º lugares, respectivamente, e por isso foram premiados com a participação no revezamento, acendendo a Tocha Olímpica que abrirá o revezamento em Alter do Chão. A notícia foi recebida com festa por alunos, professores e direção do Colégio São Raim

Rota do revezamento da Tocha Olímpica em Santarém será divulgada nesta segunda

A Rota do Revezamento da Tocha Olímpica dos Jogos Rio 2016, em Santarém, no oeste do Pará, será divulgada nesta segunda-feira (6), durante coletiva de imprensa, no auditório do Teatro Vitória, às 9h. Na ocasião, a coordenação local do revezamento apresentará as rotas do revezamento de Alter do Chão e da zona urbana da cidade. Os representantes dos órgãos que compõem a força-tarefa de segurança do revezamento (CPR-1, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Marinha, 8º BEC, Polícia Rodoviária Federal, Detran, Infraero, Defesa Civil, SAMU e Prefeitura de Santarém) também estarão presentes e à disposição para responder questionamentos da imprensa sobre o planejamento de segurança que começa com o desembarque da chama olímpica no Aeroporto Internacional de Santarém e encerra após a celebração na Praça Barão de Santarém. Fonte: Ascom/PMS

Rota do revezamento da Tocha Olímpica em Santarém será divulgada

Aguardada com grande expectativa por toda a comunidade santarena, a Rota do Revezamento da Tocha Olímpica dos Jogos Rio 2016, será finalmente divulgada nesta segunda-feira (6), durante coletiva de imprensa, no auditório do Teatro Vitória, às 9h. Na ocasião, a coordenação local do revezamento apresentará as rotas do revezamento de Alter do Chão e da zona urbana de Santarém, no oeste do Pará. Os representantes dos órgãos que compõem a força-tarefa de segurança do revezamento (CPR-1, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Marinha, 8º BEC, Polícia Rodoviária Federal, Detran, Infraero, Defesa Civil, SAMU e Prefeitura de Santarém) também estarão presentes e à disposição para responder questionamentos da imprensa sobre o planejamento de segurança que começa com o desembarque da chama olímpica no Aeroporto Internacional de Santarém e encerra após a celebração na Praça Barão de Santarém. (PMS)

Técnicos do MTur chegam a Santarém para avaliar atrativos turísticos

O Ministério do Turismo (MTur) selecionou Santarém entre 20 municípios em todo o território nacional para receber uma equipe de jornalistas e blogueiros durante o revezamento da Tocha Olímpica, que ocorrerá no próximo dia 17 de junho. Apenas cinco municípios de cada macroregião brasileira receberão o Press Trip da Tocha Olímpica, conforme previsto no edital de processo seletivo do Press Trip - Destinos do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016. O objetivo da iniciativa do MTur é contribuir para a divulgação dos destinos que receberão o símbolo dos Jogos Olímpicos. O MTur destaca que o revezamento da tocha é a principal oportunidade para dar visibilidade aos atrativos turísticos de todas as regiões do país, em um momento no qual o Brasil estará no centro das atenções devido à realização dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016. Por conta disso, no período de 18 a 21 deste mês, estarão em Santarém, dois técnicos do Ministério do Turismo para uma visita precursora aos locais, atrativ

Santarém pré-selecionada para receber jornalistas

O Ministério do Turismo classificou cinco municípios no processo seletivo para a escolha de destinos nacionais que receberão a visita de jornalistas e blogueiros durante o revezamento da tocha olímpica. Santarém (PA), Dourados (MS), Cabo Frio (RJ), Joinville (SC) e Porto Seguro (BA) foram os destinos pré-selecionados entre as 22 propostas recebidas. O resultado preliminar está disponível no portal do MTur e a divulgação final, após análise de eventuais recursos, será no dia 30 de março. Foi selecionado um município de cada macrorregião brasileira, conforme previsto no edital do processo seletivo do Press Trip – Destinos do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016. O projeto é destinado às cidades de pernoite da tocha olímpica, que não sejam capitais estaduais. O objetivo da iniciativa do MTur é contribuir para a divulgação dos destinos que receberão a tocha olímpica, a partir do dia 3 de maio. O revezamento é a principal oportunidade para dar visibilidade aos atrativos turísticos de

Comitê dos Jogos Rio 2016 confirma Santarém na rota do revezamento

Os Jogos Rio 2016 vão tomar as ruas de Santarém e de todo o Brasil. A partir do dia 3 de maio, o revezamento da tocha olímpica vai percorrer o País. Em 95 dias, 329 cidades das cinco regiões receberão a visita da chama olímpica. A rota do revezamento da tocha olímpica ligará o Brasil de Norte a Sul, confirmando o compromisso de envolver a população com os Jogos e levar o espírito olímpico a todos os cantos do País. Na últim quarta-feira (24) Santarém foi anunciada oficialmente como parte integrante do revezamento da tocha olímpica e no dia 17 de junho receberá o comboio. São 246 novas cidades que se juntam as 83 que serão os destinos finais da chama olímpica em cada dia do revezamento. Lugares especiais como Fernando de Noronha, Chapada Diamantina, Lençóis Maranhenses, entre outros, estão na rota. “Para nós é um grande orgulho receber a chama olímpica, ainda mais porque o revezamento vai acontecer em pleno período de comemoração do aniversário de Santarém. O Município tem a responsa