Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Saúde

HRBA deve receber mais de 1.200 estagiários até dezembro‏

Referência em ensino e pesquisa na Região Norte do Brasil, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA), atrai o interesse de centenas de universitários do município, que desejam realizar o estágio obrigatório na unidade. As integrações acadêmicas – palestras de orientação em que são repassadas as normas e rotinas do hospital –, promovidas pela Diretoria de Ensino e Pesquisa, tiveram a participação de 1.229 estudantes. Foram seis eventos em fevereiro e um em agosto, realizado nesta quinta-feira, 11/8, no auditório do Instituto Esperança de Ensino Superior (Iespes). A estudante de Enfermagem Aline Martins, de 27 anos, escolheu estagiar no HRBA por ser “um hospital modelo e, além da qualidade no ensino, os colaboradores tratam todo mundo muito bem. É muito importante aproveitar esse tempo para aprender novas práticas, como a de segurança do paciente”, diz Aline. O Hospital Regional oferece vagas em estágio para 14 cursos diferentes. Em 2015, mais de 1.700 estagiários

MP atua para diminuir espera para procedimentos cirúrgicos no Baixo Amazonas

O atendimento de alta e média complexidade no Baixo Amazonas e Tapajós foi tema de reuniões no Ministério Público de Santarém, no auditório do Teatro Vitória, na manhã e tarde de segunda-feira, 1º de agosto. A promotora de justiça Lilian Regina Furtado Braga, titular da 8ª Promotoria de Justiça- Saúde e Educação- presidiu o encontro, em conjunto com a 9ª Promotoria de Justiça. No dia 1º de setembro está agendada nova reunião. A reunião da manhã tratou sobre os serviços de leitos e cirurgias eletivas nos hospitais dos municípios de Santarém e Belterra. À tarde o tema foi o atendimento de média e alta complexidade nos municípios das regiões do Baixo Amazonas e Tapajós e a pactuação na prestação desses serviços com o município de Santarém. As reuniões tiveram a presença dos secretários Estadual e Municipal de Saúde, gestores dos hospitais em Santarém e representantes dos municípios do baixo Amazonas. Alta demanda O Secretário Municipal de Saúde, Valter Sinimbú, apresentou dados sobre a d

Estado oferece rede de serviço especializado para tratamento de Aids

Foi durante um dos exames que se faz no pré-natal que a jovem A. P. N. S., 18 anos, descobriu, aos três meses de gravidez, que estava com o vírus HIV. De início, a notícia a pegou de surpresa e a deixou em dúvida quanto ao futuro da primeira filha. “Não acreditava no que estava acontecendo. Refiz o teste, esperando ter outra resposta, mas só veio a confirmação. Naquele momento, pensei que não tinha mais nada para mim”, relembra. Com o diagnóstico em mãos, a estudante foi encaminhada à Unidade de Referência Especializada em Doenças Infecciosas Parasitárias Especiais (Uredipe), em Belém, para iniciar o tratamento. “Aqui funcionam o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), o Serviço de Atendimento Especializado (SAE), o Hospital Dia e o Atendimento Domiciliar Terapêutico. Todos os serviços contam com equipe multidisciplinar formada por médicos, biomédicos, dentistas, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos e terapeutas ocupacionais, entre outros, capacitados e treinados para dar o

Voluntários da Operação Sorriso realizam cirurgias extras gratuitas em Santarém

Nos dias 17 e 18 de junho, um time de voluntários da Operação Sorriso estará na cidade de Santarém (PA) para a realização de cirurgias gratuitas em pacientes portadores de fissuras labiopalatinas (popularmente conhecidas como lábio leporino e/ou fenda palatina). O retorno à cidade não foi por acaso: a organização operará pacientes que não tiveram a oportunidade de ser atendidos durante o Programa Humanitário de 2015 e ficaram na fila de espera. Ao todo, 16 pacientes, selecionados pelo médico voluntário da Operação Sorriso - o cirurgião plástico Jocivan Pedroso -, passarão por consulta com voluntários das áreas de Cirurgia Plástica, Enfermagem, Fonoaudiologia, Psicologia, Odontologia, Anestesia e Pediatria. As cirurgias acontecerão no Hospital Regional Baixo Amazonas, que fica na Avenida Sérgio Henn, 1.364, no bairro Diamantino. A implementação do atendimento cirúrgico aos portadores de fissuras, fora no calendário do Programa Humanitário, faz parte do novo modelo de gestão da ONG, q

MPPA ajuíza ação para garantir leite especial para crianças com alergia alimentar

O fornecimento de leite especial para onze crianças portadoras de alergia alimentar múltipla foi objeto de Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público de Santarém contra o Estado do Pará e o município. A ACP é de autoria da promotora de justiça Lilian Braga, titular da promotoria de Direitos Constitucionais – Saúde e Educação, e os pacientes têm entre sete meses e oitos anos de idade. As onze crianças substituídas processualmente pelo MP na ação, foram diagnosticadas com alergia alimentar múltipla, em especial, à proteína do leite de vaca. Por isso necessitam fazer uso de fórmulas à base de hidrolisado de aminoácidos, presente nas marcas Neoctae LCP, Neocate Advanced, Neoforte, Neo Spoon e Pregomin Pepti. Os menores sofrem com sintomas como vômitos, diarreias, sangramento nas fezes, perda de peso, falta de apetite, variação de humor e até hemorragia intestinal. Devido o alto custo do tratamento, os pais procuraram o fornecimento no Sistema Único de Saúde, por meio da Secretari

Câmara aprova MP de combate ao mosquito transmissor de zika e dengue

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou esta semana,  a Medida Provisória 712/16, que autoriza o ingresso forçado de agentes de combate a endemias em imóveis abandonados para a execução de ações de combate ao mosquito transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus. A matéria ainda será votada pelo Senado. O parecer do relator, deputado Newton Cardoso Jr (PMDB-MG), prevê a criação do Programa Nacional de Apoio ao Combate às Doenças Transmitidas pelo Aedes (Pronaedes) para financiar projetos com recursos de doações dedutíveis do imposto de renda. A criação do programa constava do Projeto de Lei 1861/15, do deputado Luiz Lauro Filho (PSB-SP). Pelo texto aprovado, tanto pessoa física quanto pessoa jurídica poderão doar dinheiro, bens móveis ou imóveis, ceder bens para uso ou equipamentos ou realizar manutenção ou reparos em bens móveis, assim como fornecer material de consumo e insumos. Acesso a imóveis Segundo a MP, além dos imóveis abandonados, os gestores do Sistema Ún

Vacinação contra a gripe segue até o dia 20 de maio no Pará

Sessenta por cento da população alvo da campanha nacional contra a gripe no Pará já foi imunizada, o equivalente a 881.509 pessoas. A meta é chegar ao percentual de até 80%, até o dia 20 de maio, prazo final da mobilização nos postos de vacinação localizados nos 144 municípios paraenses, em estratégias executadas por suas secretarias de Saúde. Como orientadora da Campanha, a Divisão de Imunizações da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) recomenda que os profissionais das secretarias municipais de Saúde estejam empenhados em convencer a população pela adesão à campanha, pois a vacina concede imunidade após 15 dias da aplicação. O público-alvo da campanha no Pará soma 1.704.531 pessoas e o objetivo é chegar a pelo menos 80% desse quantitativo, mediante o funcionamento, em todo o Estado, de 2.506 postos de vacinação fixos, além de 390 volantes e 62 fluviais, com 21.350 pessoas envolvidas, incluindo 2.048 equipes de vacinação. Além de 650 carros, também estarão disponíveis para

Iasep reforça auditoria de serviços médicos em Santarém

O Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (Iasep) está reforçando a auditoria das contas do Hospital João XXIII, em razão de denúncias feitas por segurados de Santarém ao Ministério Público do Estado. De acordo com o documento do MPE, o hospital estaria realizando um número excessivo de atendimentos através da urgência/emergência, considerando que estes atendimentos têm valores diferenciados na tabela do Iasep. Sobre os pagamentos dos serviços médicos, o Instituto informa que o Hospital João XXIII tem recebido normalmente pela prestação de serviço, inclusive neste mês de abril. Esclarece, ainda, que a última fatura ambulatorial cobrada pela instituição é referente ao mês de dezembro, entregue em janeiro, com 90 dias para pagamento. Ou seja, o prazo para pagamento se encerra neste mês de abril. (Ag. Pará)

Justiça determina ampliação do número de leitos neonatais no Pará

A Justiça Federal obrigou o Estado do Pará a ofertar mais 160 leitos de saúde para recém-nascidos, sendo 36 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e 124 de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI). A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) terá 180 dias para cumprir a decisão. Encerrado esse prazo, o Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (Denasus) deverá fazer fiscalização para conferir se a determinação judicial foi atendida. Em caso de descumprimento da decisão pela Sespa, o titular da secretaria, Vitor Mateus, poderá receber multa e ser investigado por improbidade administrativa. Cabe recurso da decisão. Assinada pela juíza federal Hind Kayath, a liminar (decisão urgente) chegou oficialmente esta semana ao conhecimento do Ministério Público Federal (MPF), autor da ação. "Apesar da oportunidade de manifestação conferida ao Estado do Pará, nada ficou demonstrado a respeito do cumprimento de suas obrigações pertinentes à instalação dos equi

Campanha quer incentivar meninas a procurar vacinação contra HPV

Meninas de 9 a 13 anos já começam a ser orientadas a procurar uma das 36 mil salas de vacinação no país para receber a dose contra o HPV. A campanha nacional de mobilização, coordenada pelo Ministério da Saúde, segue até 15 de abril. A dose, entretanto, pode ser encontrada nos postos de saúde durante todo o ano. A meta deste ano é vacinar pelo menos 80% das meninas de 9 anos de idade, público-alvo da campanha, formado por um total de 1,7 milhão de garotas. A imunização é feita em duas doses injetáveis - a primeira, de preferência, nos meses de março ou abril e a segunda, seis meses após a primeira. A orientação da pasta é que meninas de 10 a 13 anos que ainda não receberam a dose ou que não completaram o esquema vacinal também sejam imunizadas durante a campanha de mobilização. A proteção, segundo o ministério, só é conferida se todas as doses forem aplicadas. Meninas e mulheres, na faixa etária de 9 a 26 anos, vivendo com HIV ou aids também devem ser vacinadas. Neste caso, o esquema

Transmissões pelo Aedes são tema de Simpósio em Santarém

A Universidade do Estado do Pará (Uepa), em Santarém, promoverá dos dias 15 a 16, o I Simpósio Regional de Vigilância Epidemiológica e Assistência na Dengue, Chikungunya e Zika Vírus. As inscrições estão abertas a partir desta segunda, 21, e devem ser feitas pessoalmente com a comissão organizadora, que estará em diferentes locais do campus XII e em outras instituições, recebendo as inscrições. A taxa de participação no evento é de R$ 30 para estudantes e de R$ 40 para profissionais. O Simpósio visa à discussão dos aspectos relacionados à ocorrência de dengue, chikungunya e zika vírus, tanto no Pará quanto no Brasil. A Amazônia é uma região endêmica de incidência do mosquito trasmissor das doenças. Essas patologias são consideradas doenças negligenciadas, à medida que já foram identificadas há cerca de 50 anos e até hoje não existem tratamentos efetivos, medicamentos e vacinas. A programação do evento aborda as diversas facetas no atendimento a pacientes e atuação de profissionais

Santarém contra o Aedes aegypti

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) inicia nesta quarta-feira (09/03) mais uma ação de limpeza e retirada de entulhos, visando combater focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya. A ação é parte do plano de ação da Prefeitura de Santarém para combater os focos do mosquito. Os servidores da Seminfra realizarão a retirada de entulhos na grande área da Nova República, iniciando pelo bairro São Francisco. Ainda nessa etapa, está programada a ação nos bairros Nova República, Vitória Régia e Ipanema. O secretário de Infraestrutura, Edilson Pimentel, enfatizou, durante reunião com as lideranças dos bairros, na última sexta-feira (04), que a ação será desenvolvida em conjunto com os moradores. Esta é a primeira grande área, de uma série de seis, que receberá ações de combate ao mosquito Aedes aegypti.

Empresas funerárias funcionam de forma irregular em Santarém

A promotoria de Justiça de Direitos Constitucionais - Saúde e Educação, promoveu em Santarém, no oeste do Pará, reunião com representantes de nove empresas funerárias do município para tratar da adequação do setor às normas de funcionamento. Um diagnóstico da Vigilância Sanitária apontou elevado risco sanitário provocado por falhas ou ausência dos protocolos a serem obedecidos na atividade. A intenção da promotora de justiça Lilian Braga é firmar um Termo de Ajuste de Conduta com as empresas. De acordo com o coordenador da Vigilância Sanitária, Walter Matos, os problemas são principalmente na segurança de quem manipula os cadáveres e os carros de transporte. A estrutura física de algumas funerárias é precária e algumas empresas fazem intervenções invasivas em cadáver, injeção de substâncias.  Foram encontrados até restos de cadáveres em alguns locais fiscalizados. Os proprietários das funerárias relataram os problemas de estrutura e reconheceram a necessidade de adequação do setor

Hospital Regional de Santarém realiza captação de órgãos‏

A doação de órgãos e tecidos no Brasil ainda enfrenta diversas barreiras, que vão desde o desconhecimento do público doador até o funcionamento do processo de captação, por parte da família. O Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, está habilitado a realizar captações de órgãos, desde 2012. No entanto, até o momento, ainda é baixo o número de doadores. Até 2015, quase 70 notificações de possíveis doadores foram realizadas, mas apenas oito se concretizaram. No sábado, 27/02, foi realizada a primeira captação do ano. O doador W.P., de 19 anos, teve morte encefálica. Para o pai, a tristeza causada pela perda do filho pode ser amenizada pela alegria proporcionada às pessoas que receberam os órgãos. “Para mim é um gesto de solidariedade, podendo salvar a vida de outras pessoas. Eu decidi, junto com a minha esposa, a doar os órgãos porque é um ato de amor. Espero poder receber um abraço dessas pessoas que foram agraciadas”, conta Paulo Pinto. A diretora técnica do HRBA,

Alcoa e comunidade unidas no combate ao Zica

Unidos no combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor do vírus Zica, Chicungunya e Dengue, funcionários da Alcoa, estudantes do Colégio Pitágoras e a Prefeitura Municipal de Juruti, realizaram um mutirão de sensibilização pelas ruas da cidade, no último sábado (27). Os voluntários percorreram os bairros Bom Pastor, Maracanã e São Francisco, eliminando focos e alertando sobre os cuidados e medidas preventivas contra o mosquito. “Nossa missão foi incentivar a população sobre os cuidados preventivos, seja em casa, seja no ambiente de trabalho. Nas instalações da Alcoa, também realizamos uma ação para a eliminação de focos de criadouros do mosquito percorrendo todas as áreas com os funcionários”, informou Affonso Bizon, diretor da Alcoa Juruti e voluntário na ação. Fonte: Temple Comunicação

Falta vacina nos postos e hospitais de Santarém

O vereador Dayan Serique (PPS), usou a tribuna na sessão desta segunda-feira, 29/02, para manifestar sua preocupação com a falta de vacina nos postos de saúde e hospitais de Santarém. Ele disse que tem recebido muitas denúncias e reclamações, em seu gabinete, de pessoas querendo saber por que essas vacinas (contra Hepatite B, BCG e outras), necessárias para completar o ciclo de imunização da criança não estão chegando aos locais de aplicação. Dayan explicou que o Governo Federal produz e compra as vacinas e o Governo do Estado é responsável pela distribuição. “Não sei onde está acontecendo a falha e essas vacinas não estão chegando aos postos e hospitais aqui de Santarém. Por isso estamos fazendo um pedido de informação para que a gente possa cobrar e tentar resolver, garantindo, assim, a imunização dessas crianças”, concluiu.

Casos de Hepatite A aumentam em Santarém e Alter do Chão

Alberto Coelho faz o alerta Por: Marcos Santos Nos últimos três anos, os casos de Hepatite A têm aumentado preocupantemente em Santarém e também na vila de Alter do Chão, no oeste do Pará, segundo dados fornecidos a reportagem na manhã desta segunda-feira (19), pela Divisão de Vigilância em Saúde (Divisa). Em 2012, foram registrados no município 54 casos. No ano seguinte, em 2013, foram 45 registros da doença apenas em Santarém. No ano passado, esses casos mais que dobraram. Foram 116 casos na zona urbana da cidade e 12 em Alter do Chão. Neste ano de 2015, segundo informou o coordenador da Divisa, o médico veterinário João Alberto Coelho, no mês de janeiro já foram contabilizados cinco casos, sendo dois na vila balneária. Em Alter, as principais vítimas são crianças e idosos. Na unidade médica daquele distrito, vários casos suspeitos estão sob acompanhamento epidemiológico. A preocupação maior do setor de vigilância sanitária é com relação à água do rio Tapajós, que banha as praia

Mais Médicos atenderá toda a Amazônia até o fim de dezembro

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, informou hoje (29), que o Programa Mais Médicos chegará a todos os municípios da Amazônia Legal e do Semiárido nordestino que fizeram a solicitação de profissionais até o último dia do ano. De acordo com o ministro, a expectativa é que todos os municípios tenham recebido os 13 mil médicos previstos pelo programa até março do próximo ano. Até o final de dezembro, mais de 6,6 mil médicos atuarão no país. “Teremos a oferta de médicos brasileiros que se formam no final deste ano”, disse ele. As inscrições para a terceira etapa do Mais Médicos foram abertas ontem (28). Sobre o levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgado hoje (29) , que identificou uma desigualdade regional acentuada na distribuição de médicos pelo país, Padilha disse que apesar de a média de profissionais do Sudeste ter ficado dentro da ideal, isso não se traduz em distribuição igualitária de médicos entre as comunidades. O Ministério da Saúde rec

Simão Jatene e Alexandre Padilha em Santarém

O governador do Estado, Simão Jatene, e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, desembarcam em Santarém, no oeste do Para, na manhã desta quinta-feira (28), para o lançamento no município do projeto Olhar Brasil. O evento ocorrerá às 9 horas, na praça do Pescador. Ali, ocorrem as ações em saúde e cidadania do governo estadual através da Caravana Pro Paz e Caravana Oftalmológica.

Casos de malária reduzem em 77% no Pará de 2011 a 2013

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) continua reduzindo os casos de malária em todo o Estado. A série histórica referente aos anos de 2011 a 2013 aponta uma redução final de 77%. De janeiro a novembro de 2012, foram registradas 75.082 ocorrências da doença no Pará, contra 21.710 casos no mesmo período deste ano. Os municípios que mais reduziram os índices foram Cametá, Oeiras do Pará, Curralinho, Bagre e Alenquer. Também houve diminuição no número de casos nos municípios considerados prioritários, como Itaituba, Anajás, Jacareacanga, Novo Progresso e Afuá. O avanço é resultado das ações preventivas que a Sespa tem feito em conjunto com os municípios paraenses no combate à doença. Segundo o Departamento de Controle de Endemias da Sespa, a diminuição dos casos se atribui à participação efetiva do Estado no trabalho de prevenção, além do comprometimento dos gestores municipais.