Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo caso Amarildo

Caso Amarildo: PMs afirmam que foram obrigados a ocultar provas da tortura, diz MP

Policiais militares suspeitos de envolvimento com o desaparecimento de Amarildo de Sousa afirmaram que foram obrigados pelo major Edson Santos e pelo tenente Luiz Felipe de Medeiros a ocultar provas da tortura do ajudante de pedreiro. Os acusados também informaram que foram obrigadas a dar declarações combinadas com os superiores. Segundo o Ministério Público, as declarações foram dadas durante os depoimentos dos acusados após denúncia à Justiça de mais 15 PMs suspeitos no último dia 22. Ainda de acordo com o MP, o ajudante de pedreiro foi torturado por cerca de 40 minutos em um pequeno depósito atrás do contêiner da UPP da Rocinha. Além de receber choques elétricos, Amarildo teria sido afogado em um balde e sufocado com saco plástico na boca e na cabeça. Os PMs disseram que no dia da torturado ouviram gritos de dor e pedidos de socorro de um homem por cerca de 40 minutos. Ainda de acordo com Promotoria, o advogado destacado para defender os suspeitos na época pressionou os PMs para