Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo dengue no Pará

Santarém ainda lidera casos de dengue no Pará

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) divulgou na última segunda-feira (4), o 14° informe epidemiológico sobre a situação da dengue no Pará. Até o momento foram notificados 16.341 casos suspeitos da doença, dos quais 7.257 foram confirmados, com a seguinte classificação: 7.218 de dengue clássica, 25 de dengue com complicação, oito de febre hemorrágica da dengue e seis de síndrome do choque da dengue. Em comparação ao mesmo período de 2012, quando 12.575 casos foram confirmados da doença, houve uma redução significativa em relação ao ano passado. Segundo dados divulgados pela Coordenação do Programa Estadual de Controle de Dengue, os municípios com maior número de notificações são Santarém (2.621), Belém (1.397), Parauapebas (782), Marabá (535), Ananindeua (480), Medicilândia (479), Rurópolis (454), Altamira (433), Oriximiná (405) e Itaituba (345). A maioria dos casos confirmados está em Santarém (866), Parauapebas (555), Belém (385), Oriximiná (380) e Rurópolis (293). Em r

Santarém ainda lidera casos de dengue no Pará

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) divulgou nesta quinta-feira (10), o 13° informe epidemiológico sobre a situação da dengue no Pará. Até a última quinta-feira (3), foram notificados 16.008 casos suspeitos de dengue, dos quais 7.158 foram confirmados, com a seguinte classificação: 7.123 de dengue clássica, 23 de dengue com complicação, sete de febre hemorrágica da dengue e cinco de síndrome do choque da dengue. Comparado ao mesmo período de 2012, quando 12.190 eram os casos confirmados da doença, pode-se afirmar que houve uma redução significativa em relação ao ano passado. Dados divulgados pela coordenação do Programa Estadual de Controle de Dengue indicam que os municípios com maior número de notificações são Santarém (2.574), Belém (1.322), Parauapebas (776), Marabá (532), Medicilândia (479), Ananindeua (477), Rurópolis (453), Altamira (422), Oriximiná (403) e Itaituba (344). A maioria dos casos confirmados está em Santarém (866), Parauapebas (551), Oriximiná (379), Be

Santarém continua liderando casos de dengue no Pará

Foram confirmados mais 778 novos casos de dengue em todo o Estado e cinco mortes foram registradas. A informação consta no informe epidemiológico divulgado nesta terça-feira (18) pela Secretaria de Saúde do Pará (Sespa). Até o momento foram notificados 13.649 casos da doença - 5.345 são da chamada dengue clássica, 18 de dengue com complicação, cinco de febre hemorrágica da dengue e sete de síndrome do choque da dengue. De acordo com a coordenação do Programa Estadual de Controle de Dengue, os municípios com maior número de notificações são Santarém (1.819 casos), Belém (1.031), Parauapebas (717), Marabá (490), Medicilândia(447), Rurópolis (424) e Oriximiná (377). A maioria dos casos confirmados estão em Santarém (793), Parauapebas (383), Oriximiná (341), Juruti (314) e Belém (295). As cinco mortes provocadas pela doença foram registradas em Rurópolis, Oriximiná (2), um morador de Paragominas faleceu em Guarulhos (SP) e a quinta vítima era residente de Medicilândia, entretanto faleceu

Santarém lidera casos de dengue no Pará

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) divulgou nesta segunda-feira, 18, o quinto informe epidemiológico sobre a situação da dengue no Pará. Até o momento, dos casos suspeitos e notificados da doença, 1.358 foram confirmados, com a seguinte classificação: 1.346 de dengue clássica, cinco de dengue com complicação, três de febre hemorrágica e quatro de síndrome do choque. Os números foram divulgados pela Coordenação do Programa Estadual de Controle de Dengue. Os municípios com maior número de notificações são Santarém (568), Belém (472), Parauapebas (348), Rurópolis (297), Itaituba (164), Marabá (162), Oriximiná (135), Rio Maria (131), Portel (124), Conceição do Araguaia (104), Santa Maria das Barreiras (101), Altamira (100) e Ananindeua (98). Lideram em números de casos confirmados os municípios de Santarém (207), Parauapebas (181), Oriximiná (112), Rio Maria (128) e Belém (94). Há confirmação de quatro óbitos por dengue um em Rurópolis, um em Oriximiná, os outros dois ocorr