Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo energia elétrica

Entenda as novas regras da Tarifa Social de Energia Elétrica

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) regulamentou nesta semana a inclusão automática na Tarifa Social de Energia Elétrica para famílias de baixa renda. Atualmente, são 12,3 milhões de famílias beneficiadas pela tarifa e a expectativa do governo é que mais de 11 milhões tenham acesso ao benefício. Conforme a Aneel, os critérios para a concessão de benefícios não mudaram. Podem receber a Tarifa Social de Energia famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional; idosos com 65 (sessenta e cinco) anos ou mais ou pessoas com deficiência, que recebam o Benefício de Prestação Continuada (BPC); ou família inscrita no CadÚnico com renda mensal de até três salários mínimos, que tenha membro portador de doença ou deficiência. A principal mudança é que, a partir de janeiro de 2022, as famílias que se enquadrem nos critérios para recebimento do benefício, mas que ain

Saiba como economizar energia no período do verão e férias escolares

As altas temperaturas do verão amazônico fazem com que alguns hábitos domésticos fiquem mais intensos, como o uso mais frequente da geladeira, do ar condicionado e do ventilador. Porém, usar esses equipamentos sem os devidos cuidados pode representar um acréscimo importante no valor da conta de energia. É também neste período do ano que ocorrem as férias escolares e crianças em casa podem ser sinônimo de maior consumo de energia, com o uso por mais tempo da televisão, videogame, computador e outros equipamentos. Estudos feitos pela Celpa mostram que nesta época é possível ter um crescimento médio de até 10 % no consumo de energia. De acordo com o líder da área de Eficiência e Inovação da Celpa, Hugo Cardoso, a economia de energia deve começar desde o ato da compra do produto. “Hoje os equipamentos são vendidos com Selo Procel de eficiência, que mostra ao consumidor os mais eficientes e que consomem menos energia. Deve-se sempre observar as etiquetas no momento da compra. O selo A é

Conta de luz tem bandeira amarela a partir desta terça-feira

Começou a valer, a partir desta terça-feira (1º), a bandeira amarela para a tarifa das contas de luz , que significa acréscimo de R$ 1,50 a cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumido. Esta é a primeira vez, desde que começou a ser implementada, em janeiro de 2015, que a bandeira tarifária não é a vermelha. Para abril, a bandeira passará de amarela para verde, ou seja, não haverá custo extra para os consumidores. O aumento de chuvas neste ano, que melhorou o volume dos reservatórios das hidrelétricas, aliado à redução da demanda e inclusão de novas usinas ao sistema elétrico brasileiro, possibilitou a mudança das bandeiras tarifárias nos últimos meses. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) destaca que, mesmo com a melhoria nas condições de geração, o sinal para o consumo ainda é de alerta, e os consumidores devem fazer uso eficiente de energia elétrica e combater os desperdícios. Segundo a Aneel, a bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz, mas uma forma diferent

Retrocesso: Santarém voltará a ser abastecida por termoelétrica

O deputado Nélio Aguiar (DEM) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) nesta terça-feira (5), para protestar contra a solução paliativa adotada pelo Governo Federal de instalar uma usina termoelétrica em Santarém para amenizar os constastes apagões provocados pela saturação do linhão Tramoeste que não suporta mais abastecer com energia elétrica os municípios da região. Nélio Aguiar esteve em Brasília na última sexta-feira,1 em audiência com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão para cobrar providências imediatas do Governo Federal para o problema. “É revoltante para nós que moramos num estado que é produtor e exportador de energia elétrica para outros estados voltarmos a utilizar termoelétrica um sistema poluente e que tem maior custo operacional”, disse. Segundo Lobão, no prazo máximo de 3 meses Santarém receberá uma termoelétrica usada, que foi desativada em Rondônia após com a inauguração da hidrelétrica de Jirau. O parlamentar disse ainda

Energia elétrica no Pará mais cara a partir desta quarta-feira

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu hoje (06), em reunião pública, o percentual de reajuste das tarifas de energia elétrica praticadas no Pará. As novas tarifas entrarão em vigor a partir de amanhã (07/08) para as mais de 1,9 milhão de unidades consumidoras localizadas nos 144 municípios do estado. O reajuste médio para o consumidor paraense foi de 9,18%, sendo que os clientes do grupo B (clientes ligados em baixa tensão) perceberão efeito médio de 11,52% e no grupo A (clientes atendidos em alta tensão) o efeito médio do reajuste foi de 4,36%. Para chegar a esses índices, a Aneel levou em consideração o custo de geração, de transmissão e a atualização monetária que tem como base o IGPM. No entanto, este ano, o que mais impactou no reajuste das tarifas foi o uso de energia proveniente das térmicas. Em virtude do baixo nível de água nos reservatórios das hidrelétricas, o Operador Nacional do Sistema (ONS), responsável pelo Sistema Interligado Nacional

Publicado decreto que mantém desconto na luz

O governo publicou em edição extra do "Diário Oficial da União", na quarta-feira (29), o decreto que garante os descontos na tarifa de energia elétrica, que foram anunciados em setembro do ano passado pela presidente Dilma Rousseff. A edição do decreto foi a maneira encontrada pelo governo para manter os descontos previstos na medida provisória 605, que não foi votada pelo Senado e perde a validade no dia 3 de junho. No início da semana, a MP que garantia os descontos foi aprovada na Câmara, mas o Senado não votou o texto. O presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou que os senadores não vão mais analisar matérias que cheguem ao Senado menos de 7 dias antes de perderem a validade, como era o caso da MP 605. A estratégia do governo para substituir a medida provisória foi incluir os dispositivos dela em outra MP que tramita no Congresso, a 609. Enquanto a nova MP não é aprovada, o decreto serviria para manter os descontos.

Celpa reunirá com imprensa em Santarém

A diretoria da Celpa fará um encontro com a imprensa santarena para apresentar a restruturação da empresa, seus resultados e investimentos previstos para Santarém, além esclarecer dúvidas sobre a nova gestão da companhia. Será na próxima quinta-feira (18), às 15 horas, no Barrudada Hotel, na avenida Mendonça Furtado, bairro Liberdade.

Celpa informa sobre novos investimentos no Oeste do Pará

Em audiência pública realizada na manhã do dia 02 de abril, na Câmara de Vereadores de Santarém, a Celpa apresentou parte de uma série de investimentos que visam a melhorar a capacidade de fornecimento de energia elétrica em toda a região Oeste do Pará. A concessionária está nova sob nova gestão desde novembro de 2012, e por estar em uma situação financeira delicada, vem trabalhando na reestruturação de processos, renegociação de contratos e iniciando novos investimentos no sistema elétrico com o objetivo de melhorar os serviços prestados aos clientes. Durante a audiência pública, o Executivo de Relacionamento com o Cliente na Região Oeste do Pará, Alexandro Freitas, falou do Plano de Reestruturação da empresa, que consolida as ações necessárias que estão sendo conduzidas de forma responsável e compatível com a atual condição da empresa, sem nenhum prejuízo ao atendimento da população paraense. Em 2013, mais de R$ 650 milhões serão investidos no Pará. “Todos na Celpa estamos empenhad

Celpa vai à praça e esclarece dúvidas dos consumidores

No próximo domingo (18), os consumidores poderão saber um pouco mais sobre o serviço de energia elétrica na Praça da Matriz. O projeto “Celpa na Praça” será realizado no horário das 17h às 19h e tem o objetivo de esclarecer dúvidas sobre os direitos e deveres dos consumidores, além de divulgar os novos canais de atendimento criados pela empresa. Esta será a primeira edição do projeto, que será realizado simultaneamente em Santarém, Belém, Marabá, Castanhal e Abaetetuba. Em Santarém, a população receberá materiais explicativos sobre o uso racional de energia, solicitação de serviços, prazos legais de atendimento e tarifa social. Os consumidores também serão orientados em como utilizar os novos canais disponibilizados pela empresa. Dentre eles estão os serviços de mensagem de texto via celular e também a agência web.

Celpa: Mais uma alternativa de atendimento ao consumidor

Já estão disponíveis os serviços nos terminais (totens) e quiosques de atendimento presencial dentro das farmácias da rede Big Ben. A Celpa oferece nesses terminais diversos serviços ao consumidor, a exemplo de pedido de religação, consulta de fatura, impressão de segunda via, alteração de data de vencimento de pagamento, cadastro para tarifa social e outros serviços. "Os postos oferecem diversos serviços, com uma estrutura menor e por isso mesmo mais prática, o que facilita sua instalação em diversos locais, para que possamos estar cada vez mais perto nosso cliente", analisa a gerente do Departamento de Atendimento ao Cliente, Risoleide Almeida Segundo Risoleide Almeida, a idéia é ampliar as possibilidades de acesso e de autoatendimento. "Estamos trabalhando em novas funcionalidades na agência web para possibilitar maior comodidade aos clientes. A nossa intenção é ir aonde o cliente está". Os terminais de autoatendimento também estão sendo implantados em Altamira,

Iluminação no Natal exige cuidados especiais para evitar acidentes

O Natal já se aproxima e residências, comércios já estão arrumando suas decorações. São enfeites, arranjos e principalmente centenas de luzes brancas ou coloridas que deixam a cidade mais bonita e iluminada. Mas, é preciso ter cuidado na hora de fazer as ligações dos jogos de luz tão utilizados nesta época do ano. A primeira precaução deve ser em relação à instalação elétrica do local. Para garantir a segurança, é necessário verificar antes, se a mesma foi feita por um profissional idôneo e encontra-se em conformidade com as normas brasileiras e da concessionária. O perigo é causar uma sobrecarga na rede e provocar um acidente. Por esta razão, não é recomendada a utilização de benjamins e extensões, pois dois ou mais equipamentos ligados em um mesmo ponto de energia vai provocar um superaquecimento. Como os fios elétricos têm um limite térmico, eles irão derreter, podendo ocasionar um curto circuito e até mesmo um incêndio.

Aneel aprova nova forma de cobrança de luz

A partir de janeiro de 2012, o consumidor brasileiro terá uma nova modalidade de cobrança  da tarifa de energia elétrica. Nesta terça-feira (22), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), decidiu que quem optar pela modalidade terá tarifas diferenciadas conforme o horário, sendo a energia no horário de pico a mais cara. Os consumidores que quiserem e tiverem medidor eletrônico poderão optar pela cobrança diferenciada. Em 2013, serão feitas simulações, e os resultados, divulgados. Haverá três momentos tarifários: ponta (pico), fora de ponta e intermediário. A nova regra aprovada define que o horário de pico terá tarifa cinco vezes maior do que o horário fora de pico. O horário intermediário terá tarifa três vezes maior que o momento fora de pico. O horário de pico terá três horas de duração. O intermediário terá duas, uma antes e outra depois do horário de pico. Cada distribuidora vai determinar seu horário de pico, mas a decisão terá de passar por consulta pública e passa