Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo estelionato

Polícia Civil prende acusados de praticar golpe contra bancários

A Polícia Civil descobriu uma nova modalidade de crime, que envolvia a extorsão de funcionários de agências bancárias e a prática de estelionato. Três pessoas foram presas, em Belém, nesta quarta-feira (14), acusadas de receber dinheiro em suas contas bancárias pessoais. As prisões foram feitas pela equipe da Divisão de Investigações e Operações Especiais (Dioe). Os bancários receberam telefonemas dos golpistas, que alegaram estar mantendo como reféns seus familiares. Para libertá-los, os criminosos exigiam uma transferência bancária. Em duas ocasiões, funcionários que atuam como caixas bancários, em duas agências no interior do Pará, caíram no golpe, acreditando que os parentes estavam sob domínio dos bandidos. Eles acabaram fazendo as transferências para as contas informadas, sem saber que tudo não passava de uma farsa. Em um dos casos, em Redenção, no sul do Pará, na sexta-feira passada, uma funcionária chegou a transferir R$ 300 mil. Na segunda-feira passada, em Parauapebas, s

'Galã do Facebook' aplicava golpes em mulheres carentes para tirar dinheiro

Chegou ao fim a carreira de conquistador barato do estelionatário Leandro  Lentz Bittencourt, conhecido pelo apelido de ‘Galã do Facebook’. Ele foi preso em Manaus (AM), na tarde desta segunda-feira (25). Condenado por estelionato pela justiça de Santa Catarina, o acusado é procurado pela polícia de pelo menos dois estados. A Polícia Inter-estadual (Polinter) e Delegacia Especializada em Captura e Polinter (DECP), realizaram a prisão em cumprimento de uma carta precatória. A apresentação do 'Galã' ocorreu nesta tarde na sede da Polinter, Coroado, Zona Leste de Manaus. De acordo com informações da polícia, Leandro entrava em contato com mulheres de 30 a 40 anos de idade, disponíveis para conversar nas salas de chat, com o status de solteiras e identificava meios para se beneficiar, financeiramente, da vítima. Ele já havia sido preso em Manaus no ano de 2011 , acusado de aplicar golpes em mulheres usando redes sociais, como o Facebook, Orkut, Badoo e MSN. “Ele já foi preso,