Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo hidrletricas

Ibama concede licença de instalação da UHE Teles Pires

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis concedeu a licença de instalação para a hidrelétrica de Teles Pires (MT-1.820 MW), apurou a Agência CanalEnergia nesta sexta-feira, 19 de agosto. A intenção da Companhia Hidrelétrica Teles Pires é iniciar as obras nos próximos dias. A usina Teles Pires receberá investimentos de R$ 3,3 bilhões e firmou contratos no ambiente regulado no valor de R$ 12 bilhões, que permitirá o fornecimento de 204,6 Twh durante o período de concessão. Outros 36 Twh serão destinados ao ambiente de contratação livre. Em 17 de dezembro do ano passado, a energia da usina foi contratada no leilão A-5 por R$ 58,35 por Mwh. Além da Neoenergia (50,1%), a Companhia Hidrelétrica Teles Pires também tem em sua composição acionária a Eletrosul (24,5%), Furnas (24,5%) e Odebrecht (0,9%). Fonte: Canal Energia 

Organizações sociais consideram que privatização do serviço de água trará prejuízos para a população

Da Agência Brasil A privatização das empresas públicas de abastecimento de água e tratamento de esgoto poderá ter como consequência o aumento nas contas de água e a diminuição dos investimentos no setor. O alerta é das organizações sociais que participaram ontem (20) de seminário que discutiu como a população pode se organizar para impedir que as empresas sejam vendidas. De acordo com representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), 90% da rede de distribuição de água no país são controlados por empresas públicas, com uma cobertura de quase 100% das grandes e médias cidades. Para o MAB, um negócio que não requer grandes investimentos e pode movimentar anualmente cerca de R$ 120 bilhões, mais que todo setor elétrico, desperta o interesse da inciativa privada.

Ibama concede licença de instalação para início das obras de Belo Monte

Foi concedida nesta quarta-feira (1º), a licença de instalação para o início das obras da usina de Belo Monte, no Xingu, no Estado do Pará. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) informou que o licenciamento foi marcardo por "robusta análise técnica".  Com a licença de instalação, a obra da usina pode começar. Antes, o Ibama já havia concedido a licença parcial de instalação, para o início do canteiro de obras. O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, havia afirmado na semana passada que a licença deveria ser publicada a qualquer momento e criticou organizações que se colocam contra o projeto do governo federal. Com informações do G1